Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

when I look up #35

Acabei de receber a minha última nota de exame: 18. Estou de férias.

Foi um ano particularmente intenso, bom, alegre, novo e irritantemente veloz; aluguei casa com a minha mais-que-tuda, comecei um novo curso abandonando o primeiro (desilusão), conheci gente nova irritante e gente nova super feliz (Rui e Joana!), revisitei antigas amizades, fiz imenso esparguete à bolonhesa e comida italiana no mês de Abril, fiz 20 anos e ella também, a liberdade sexual foi maior, conheci a Celsa Matilde e fiz-lhe o enterro, conheci o Celso, a Lúcia, o Casimiro e o Antunes - professores da casa que tanto nos ensinam a viver como a estudar. Mudei-me para o Porto, uma cidade onde nunca pensei realmente ficar e adorei. Comprei livros que agora vou ler, fui a mais um concerto no Coliseu em Maio e mais que tudo aprendi a ser paciente, a dormir mesmo com o vento a bater-me nas portas, onde fica o Santo António e a ouvir atentamente o que está nas entrelinhas. Foi um bom ano, afinal. Foi um bom ano...

3 comentários

Comentar post