Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

FOR YOU, R

Apesar de todo o alvoroço que se fez durante várias semanas, acabou por solucionar-se. Resolveu-se. Vê-se e entende-se que não se podem forçar as coisas, antecipá-las ou apressá-las. Ainda bem que não nos encontramos mais cedo Rita - teria sido pior... A conversa do IKEA deve ter sido uma das mais francas que tivemos em muitos meses; finalmente houve um ponto de resolução, algo onde chegar e nos sentirmos ambas confortáveis. Não me arrependo de nada: de ter vivido contigo, de te ter amado como o fiz. Penso não me vir arrepender de ficar a viver contigo. E penso, sobretudo, que resultamos muito melhor como amigas. Grandes amigas, amigas dos segredos. Já tivemos melhores momentos nestes últimos dias que tivemos nos últimos meses de relação: há coisas que se desgastam - a  maioria dos sentimentos - mas apenas uma permanece. A lealdade para com a nossa amizade. Meninas Berg!!