Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Valentine's Day

Não, não costumo festejar, não costumo gostar. Ano passado ela fez-me surpresa, este ano... Já está a perder largamente :D

O bom de trabalhar é poder ter dinheiro para gastar em pequenos mimos que não me poderia dar ao luxo se não o fizesse, e o bom de trabalhar na Vodafone é que quando saio de lá, já é o dia seguinte, fazendo com as datas a serem festejadas começam a sê-lo pela madrugada fora. Ora bem, para este dia vermelho, à meia-noite dei-lhe a primeira prenda: Poemas de Amor de Palbo Neruda, versão bilingue (e ela a ler em espanhol.... graaaaauuuuu!), um pequeno postal amarelo com um poema de Shakspeare. Depois, ela foi dormir e eu fiquei... a montar a outra prenda ;) Fiz-lhe um tumblr em que o URL menciona os dias que já passamos juntas, prefazendo um total de 579. Se quiserem o url tanto do meu como do dela peçam por mail, pf. Esta manhã, quando abriu o pc... Bem, foi a alegria porque já estava a seguir alguns dos tumblrs favoritos! :)

O resto do dia... Bem, não querendo arruinar nada, deverá incluir uma  deslocação ao bar da praia de Matosinhos, comprar rolo para a Polaroid, fazer crepes para o lanche, ver um filme extra meloso e depois jantar qualquer coisa boa a designar (porventura canelloni!) 

 

Não que este dia seja mais especial que os outros, tanto que quinta festejamos  1 ano e 7 meses e vamos ao Dragão ver o jogo... Daí, é só mesmo uma desculpa para poder mimá-la ainda mais.