Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Desalojar de ideias #110

 

 

Durante um momento, sermos livres. Sermos completamente, estontaneamente, espantosamente livres - sem interrupções, escolhendo o que queremos ser dentro dessa liberdade. É possível acontecer? Achamos que somos livres todos os dias, que temos opção de escolha no que concerna muitas das nossas escolhas mas é realmente verdade? Existe realmente o denomiado livre arbítrio? E se existe, para onde vai quando temos as escolhas dificeis pela frente? Gostava de ter essa liberdade. Dizer Basta! Agora, agora sou eu quem mando realmente e vou fazer exactamente o que quero porque quero. Hoje aconteceu um bocadinho isso. Tenho demasiadas coisas a tratar mas por um momento, um curto e enternecedor momento a minha voz interior disse-me: talvez possas tirar mesmo o dia para ti e leres. Até te fartares. E foi o que fiz. E digo-vos que em muito tempo já não me sentia tão em controle da minha vida. Liberta como paradoxo. Ou melhor: tão em paz.