Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

A vez em que tu foste e eu fiquei #3

Se estivesses em casa terias preparado o banho e um jantar um bocadinho mais decente. Talvez uma vela de cheiro e a sala arrumadinha. Se estivesses em casa ter-te-ia abraçado com força, beijado suavemente e contado o meu dia. Mas nem sequer precisava de te contar o meu dia porque terias estado ao lado a acompanhar. 

 

Como não estavas em casa não comi nada de jeito, não me apeteceu cozinhar; como não estiveste em casa tomei banho sozinha e vi séries o dia todo porque não tinha mais nada para fazer; como não estás em casa não tenho os braços abertos nem o peito quente para me deitar, para me confortar.

 

E no fundo, o que mais queria, era confortar-me porque não estás aqui e queria que estivesses.