Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

A vez em que tu foste e eu fiquei #7

Tenho um aperto no coração. Poderia ser ficcional mas não é. É, de verdade, um aperto no coração. Dor física. Um aperto que me faz respirar de forma mais pesada, mais densa. Um aperto que diz que não está bem - é claro que não está bem - um aperto que teima em ficar mesmo quando eu digo que está tudo bem. Ele é teimoso. É um aperto catostrófico neste meu coração. E não sei até onde pode ir o aperto mas também não sei muito bem como o fazer desaparecer porque já o mandei embora mas ele continua cá. E porra, o aperto dói, o coração dói e o choro não sai. Queria que saísse todo de uma vez mas não sai. E então fica o aperto. E o coração apertado.