Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

dovaziocomamor #5

Do vazio. Deste vazio. Do vazio que encontrei quando te olhei a primeira vez nos olhos. Do vazio que senti quando segurei a primeira vez o teu coração. Do vazio que se instalou quando mudamos de casa do belo apartamento citadino para a casa solitária de um subúrbio. Do vazio da cadeira de baloiço que te esperava noites estreladas sem fim. Do vazio de te dar a mão e não existir um esguelho de sorriso em ti. Do vazio de não ouvir a tua voz quando acabavamos de fazer amor. Do vazio do cigarro que vinha a seguir. Do vazio. Deste vazio e de tantos outros. Do nosso e dos outros. Do vazio, com amor.

4 comentários

Comentar post