Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Desalojar de ideias #15

 

Então mas ele quer que faça um abrigo de emergência redondo, é? Em cartão?

Para além das sapatilhas cinzentas, estou a pensar vender ideias, talvez como designer não siga caminho, mas como vendedora de ideias sim (espera lá... não é a mesma coisa?).

Quero ir para o Porto. Percebido?

Mas depois há dias assim, em que Viana parece uma feirinha encantada, um recanto escondido em que descobrimos pedras preciosas: gabinete de design, engenharia e arquitectura? Não gosto quando escrevem coisas certeiras nos jornais sobre arte (essa parte vou eu fazer...): Meca da arquitectura.

 

Agora sinto os olhos pesados: quero fazer o aquecimento e deitar-me.

Hoje comprei gerbéras. Hoje voltei a ficar com saudades tuas. Foi às 13h21. Mas perdura.