Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

TEDx O'Porto 2013

 

 

Foi no passado sábado que fui até à Alfândega do Porto e estive presente num dos eventos mais empreendedor do mundo, o TEDx. Para quem não conhece,, uma pesquisa simples no Youtube e no Google deixa-vos logo a par daquilo que é o TED (ideas worth spreading) e o que é o TEDx. 

Fui sozinha, uma verdadeira aventura: primeira vez, sozinha, no meio de 1.500 pessoas que nunca vi: empresários, gente de marketing, jovens como eu, CEOs e muito mais. Senti-me um bocado peixe fora de água mas depois de me sentar e começar a ouvir as primeiras palestras todos os receios e medos ficaram à porta. Conheci algumas pessoas novas e conheci gente aventureira, ideias que poderão vir a mudar o mundo e a última palestra de todas deixou-me com os olhos arrasados de água - tive o prazer de conhecer o palestrante e ele disse-me que estava a fazer a apresentação igualmente emocionado, deu-me o cartão de visita e disse-me para entrar em contacto com ele e dizer-lhe como correu. Como correu o quê poderão perguntar-se. Como correu a mudança de paradigma do meu pensamento naquelas oito horas, naquele ciclo que passou de Inverno a Primavera (literalmente, no dia anterior frio e cinzento e nesse dia sol brilhante e calor!), nas ideias a fermentarem no meu cérebro. 

O facto é mesmo que mudei, ali. Senti-me a mudar, senti o hemisfério direito a conectar com o esquerdo e a criatividade a não parar. Já tive 15000 ideias e nem todas poderão ser desenvolvidas, mas ao menos vou tentar. Vou tentar e sei que não preciso de dinheiro ou de aprovação, preciso só de me unir a uma multidão que me ajude a concretizar. Porque a verdade é só esta: se no unissemos, se nos fundissemos e fossemos menos ganaciosos ou se a ideia de mérito singular fosse abandonada... O mundo como o conhecemos deixaria de ser um mundo entorpecido e sim uma fusão de genialidade.

1 comentário

Comentar post