Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

PK - a fatiga do espírito

  
 
Será que um quadro nasce de um acto único? Não, constrói-se peça a peça, tal como uma casa.
 
E o observador consegue apreender o quadro com um único olhar? (Muitas vezes sim, infelizmente.)


Feuerbach não disse que é preciso uma cadeira para ver um quadro? Para quê uma cadeira? para que as pernas cansadas não perturbem os espírito. As pernas cansam-se se estivermos muito tempo de pé. Temos, então, o espaço da acção: o tempo. Natureza: movimento. Só o ponto morto é intemporal. Também no universo é o movimento é o movimento que conta.
 
Paul Klee