Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Os pontos dos is, dos jotas, delas e da viagem

 

Peniche: falta de humildade; Ericeira: falta de amor próprio; Mafra: sentido de oportunidade nulo; Oeiras, Catalazete: birras (e rir é o melhor); Lisboa: extase, felicidade momentanea ligeira, "foda-se que também sobra para mim"; Setúbal: privacidade não a há; Tróia: a culpa é sempre de quem não a tem; Grandola: sumo hero - muita polpa; direccção a Beja: "don't give up because you are loved"; Beja: a maresia teve o seu ciclo completo - demasiada luz; Évora: a cusiosidade e estupidez mataram muitos bichos juntas; Vila Viçosa: sorrir engraçado e torradas mal pedidas; Marvão: dizer mal de quem não está é simpático para rir - nada mais.