Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

*never ending story

Sabes o que me prende à satisafção de sorrir ao chegar o fim do dia?

 

O teu olhar cruzando o meu enquanto o meu ouvido reconhece sequênncias improvisadas e generosas; enquanto a tua mão se lança sobre a minha puxando-me para ti e enquanto a minha bomba pulsadora de sangue reconhece o que se passa.

 

É me familiar pensar que gostaria de ter mais do que o que tenho, mas recorrentemente penso e sobreponho pensamentos:

 

Para quê ter mais do que o que visto durante uma semana, mais do que o que como em três dias e mais do que o que amo numa única vida?

 

Bastas-me tu, a bicicleta, uma farda e fruta. Para quê ter mais? Os meus olhos não absorvem muito mais do que te transcede e do que te transcede só absorvo o que me é útil.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.