Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Coisas que acontecem

 

Pois, ter animais não é para toda a gente. Ter gatos não é para um simples humano, e ter uma gata siamesa muito menos. Começo sinceramente a achar que há algo estranho com a Frankie (e é por isso que já marquei consulta no veterinário). 

 

Hoje de manhã, como todas as manhãs, a Alex levanta-se mais cedo do que eu. Assim, quase pronta a sair de casa pegou numa caixa que tinha umas coisas que deveria levar para a faculdade. A Frankie estava sentada à beira da caixa e por que motivo não faço ideia, levantou-se a caixa e a Frankie levantou-se com ela até à perna da Alex. Graças ao deus pai da Levis que as calças são duras de roer e só ficaram com um buraquinho mas não se pode dizer o mesmo da perna que ficou com um grande arranhão (mais ou menos 4cm). O que vale é que mal a Alex me chamou levantei-me de um salto e mandei um berro à gata (seja lá porque motivo for a mim tem-me muito respeito) e ela desandou logo dali. 

 

Depois de fazer o curativo e de pararmos de tremer as duas, fomos ver a bichana que já estava num estado absolutamente normal como se nada tivesse acontecido (!?) mas demos conta que a nossa outra bichana não estava com ela ou em qualquer parte da casa. Simplesmente, reviramos a casa toda e não a encontramos. Presumimos o pior: conforme a Alex abriu a porta de casa antes do ataque da Frankie a Baguera simplesmente saiu disparada. Isto levou a mais ou menos uma hora de buscas intensivas rua acima rua abaixo, debaixo de chuva miuda mas que se fartava de molhar... e sem sucesso. Sem sinal da Baguera em lado nenhum. Por fim, e vendo que não ia dar em nada, regressamos a casa. Abrimos a porta e de um salto surge a gata na cozinha! O que é que estava a abanar? O estendal da roupa que se ergue até ao tecto. Apeteceu-me chorar de alívio e torcer-lhe as orelhas ao mesmo tempo. É a segunda vez que a gata faz um desaparecimento destes em casa (parece que faz magia!). 

 

Eu não sei se vocês têm animais que vos são muito chegados em casa (cães, gatos, piriquitos) mas quando acontecem coisas destas se não vos apetece deixá-los de castigo pro resto da vida, têm uma paciência do caneco. É o que eu vos digo. Bom, mas agora está tudo mais calmo e estão as princesas a dormir muito calmamente como se nada de anormal tivesse acontecido durante o dia. Um espetáculo.

 

*e agora vamos lá ver o que é que o veterinário decide quanto à Frankie, porque já não é o primeiro ataque de fúria que lhe dá. Deixarei novidades.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A* 06.11.2013

    Já me disseram que os siameses durante algum tempo podem ter ataques destes mas que depois passa... Mas enquanto passa e não passa a coisa não fica melhor. Depois conto o relatório do vet, mas em principio castração é o primeiro passo a dar porque ficam mais mansinhos.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.