Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

Desalojar de ideias #152

E as férias estão a terminar: amanhã volto ao mundo real, com pessoas aborrecidas, trabalho aborrecido e coisas aborrecidas para fazer. Mas nem tudo é mau. Ter esta oportunidade aborrecida salvaguarda-me da bruta realidade que é o nosso mundo laboral e posso-vos dizer: antes este que nenhum. Bom, de qualquer forma, no final da semana serei capaz de ter algumas novidades empolgantes (assim espero!) e contarei tudo. Vamos lá ver como corre!

 

No que toca às férias: foram mercidas, cansativas, maravilhosas, com bons momentos, sol, sal, água, concertos, noites quentes, noites menos quentes e uma porrada de memórias criadas. Fomos a Lisboa ao Alive, voltamos e fizemos praia; festejamos o nosso 4º aniversário de namoro e ontem fomos ao Marés para terminar o ciclo de festivais (da nossa parte) e férias. Decidimos que para ano, a menos que venha uma banda assim super especial, não vamos investir as férias em festivais e sim numas férias a sério (Itália no topo das prioridades).

 

A Alex está à espera da nota do mestrado para se poder inscrever na ordem e poder começar a procurar emprego. É a coisa que agora nos tem ocupado mais a mente; fazer planos para este futuro que nos é tão próximo tentando conter o entusiasmo para os planos não saírem furados. 

 

É aguardar e ser paciente, preserverante e não desanimar nunca. Arregaçar as mangas e mandar o corpo e a cabeça para a frente. Vamos lá! 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.