Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A vida de Mala Aviada

A vida de Mala Aviada

dovaziocomamor #9

Dou uma meia volta e fico exactamente ali, meia volta depois ali. Se olho para trás já é passado ardente e fogoso e se olho para a frente há uma névoa gelada que se compadece - ainda não - (...)

dovaziocomamor #7

Houve aquele tempo. Aquele tempo em que tudo era silêncio. E tudo o que vinha a mais eram um estorvo. Eu e o silêncio, nada mais. Talvez os meus pés contra a erva fresca, o pequeno silêncio (...)

dovaziocomamor #8

E não, não é no bom sentido, no fabuloso sentido de ser nasty. É ser nasty quando não se precisa de ser, quando não há motivos para o ser (e então porque se é?). Vejo-me ao espelho e é (...)